A contradição da contradição

Todo mundo sabe que sou feminista, desde sempre, desde que eu comecei a ter noção de que eu existia.

O Feminismo está em alta aqui no Brasil e em todo o Planeta Terra, não sei nos outros planetas, rsrs. Eu sempre entendi que somo iguais, independentes dos nossos órgãos genitais, que no meu entender é a única coisa que nos difere, ou não, pois hoje em dia, não existe só dois sexos não é verdade, tem gente de todo jeito, e isso é que é o barato desse mundo: A DIFERENÇA DA IGUALDADE. CONTRADITÓRIO????

Bom, mas chega de encher linguiça.

Porem, acho que muitas meninas estão se enganando em relação ao Feminismo. Ter atitude, não aceitar submissão, ter alto estima, e se lutar por direitos iguais, não tem nada a ver com encher a cara, passar o rodo na balada e desrespeitar o “espaço do outro”.

link da imagem

 

Feminista é uma coisa, querer “agir” como homem(sexo masculino) é outra bem diferente. No meu ponto de vista.

Nós mulheres temos o direito de bebe um chopp quando quisermos, temos o direito de ir a balada com nossas amigas quando quisermos, temos o direito de escolher um cara pra ficar na balada ou não, temos o direito de não ficar com ninguém.

Resumindo meu povo; ontem eu fui em um show que tinha um cantor de arrocha e uma banda de forró. Ai você pode imaginar que o público variava de 16 anos a 70 anos (sim posso provar, minha sogra estava no show). Gente, as mulheres estavam “impossível”, não todas é claro, mas pra “algumas” não existe mais distinção de “estou aqui pra curtir” e “estou aqui pra curtir, mas estou acompanhado”.

Vocês estão me entendendo, ou eu vivo em um mundo paralelo???

Respeito gente, é a base de tudo, se respeite, respeite o outro, e assim vamos conseguir chegar no final dessa guerra(vida) que nos encontramos atualmente.

E ai? Como são os shows na sua cidade?

Anúncios

2 comentários em “A contradição da contradição

  1. Oi Jan, obrigada por comentar. Bem o que eu tentei expor nesse post, é basicamente:
    1- O que é feminismo?
    2- Porque muitas meninas “acham” que ser feminista é ter “atitudes” de homem, ou seja, a maioria das mulheres reclamam de coisas que os homens fazem como as que eu citei no texto(passar o rodo, encher a cara, não respeitam pessoas acompanhadas na balada…), mas atualmente estão tendo os mesmos comportamentos que elas mesmo reclamam?
    Quando eu estava fazendo esse texto, fiz uma pesquisa no Google, fiquei impressionada como muitas mulheres lutam contra o Feminismo, por isso eu cito no texto, as definições de “Feminista” estão sendo corretamente divulgadas?

    Curtir

  2. Oi Tatiane,
    Legal isso de você para para pensar em como funciona a nossa organização social. É parte do processo de se encaixar nas várias vertentes do movimento feminista. Sim não existe um feminismo, existem vários, eu pessoalmente acho que a beleza da coisa está exatamente aí. E não, não somos todos iguais, somos todos diferentes, o que precisamos é que essa diferença seja respeitada.

    Por exemplo, você falou que feminismo “não tem nada a ver com encher a cara, passar o rodo na balada”. Veja bem, eu sou cristã dificilmente você vaai me encontrar numa balada enchendo a cara e pegando geral, mas eu compreendo que muitas mulheres querem fazer isso sem ter medo de ter seus corpos violados por conta dessa postura. Para ser mais clara, não é pq a mina está pegando geral que ela vai querer dar a xereca para o boy. Se ela disser não, é NÃO.

    Você fala também em ser “Feminista é uma coisa, querer “agir” como homem(sexo masculino) é outra bem diferente.” O que é se comportar como homem ou se comportar como mulher? Esse é o tipo de comportamento sexista que o feminismo em geral combate. É tipo meninas brincam de bonecas e meninos de carrinho, ou, mulheres são arquitetas e homens são engenheiros e por aí vai. Talvez se você pudesse explicar o que você entende por comportamento de homem que você reprova fique mais fácil de entender, mas de antemão já adianto que comportamento masculino ou femnino é imposto pela educaçoã machista que normatiza o que é ser homem (forte e viril) ou ser mulherzinha (fraca e delicada)

    Continue refletindo, é importante!

    Curtido por 1 pessoa

Sua opinião é muito importante, me escreva.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s